Bumba meu boi: Conheça essa incrível história dançada e cantada do encantador Folclore Brasileiro

Bumba meu boi: Conheça essa incrível história dançada e cantada do encantador Folclore Brasileiro

Você já parou pra pensar na quantidade de culturas diferentes nós temos nesse Brasil? Algumas regiões do país são bem distintas e isso reflete em um grande leque de tradições que representam a história de cada lugar de uma forma muito bonita de ser ver. Dentre tantas histórias, o Bumba meu boi é uma das que se destaca por cores, música e muita energia!

Fica um pouco com a gente para saber mais sobra essa maravilhosa festividade.

Origem do Bumba meu boi

Como toda boa história do folclore brasileiro, o Bumba meu boi tem várias versões e foi se modificando durante os anos. Pode parecer surpreendente, mas a lenda original nasceu na Europa. Vindo da tradição luso-ibérica do século XVI, ela foi inspirada pelas comédias populares antigas italiana e inglesa.

Mas então você se pergunta: como ela chegou no Brasil e se moldou do jeito que é hoje? Foi assim: os colonizadores portugueses que trouxeram ela até aqui. E como bons brasileiros, ao chegar aqui, ela foi adaptada à nossa maneira. Isso aconteceu no período colonial com a escravidão e criação de gado,e foram inseridos aspectos das culturas africana e indígena.

Hoje em dia essa tradição está em várias partes do país para homenagear a cultura, mas o Bumba meu boi (que também pode ser chamado apenas de Boi-Bumbá) tem sua forma como é hoje no nosso país como tradição nas regiões do norte e nordeste. É uma dança folclórica que representa lindamente a energia e crença do povo das áreas de cima do nosso mapa. Desde 2012 o Boi-Bumbá é considerado um Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Bumba meu Boi no Maranhão

Apesar de estar presente em todos estados do norte e do nordeste, é no Maranhão que se concentra o maior tipo de representatividade do Bumbá. Ali são feitas diversas comemorações anuais que são fixas do calendário maranhense. Desde o século XVII, todo ano, nos meses de junho e julho, ocorrem vários tipos de festividades na capital do estado, em São Luís.

bumba meu boi folclore origem historia maranhao

Música

A comemoração do Bumba meu boi é com foco na música popular do folclore. Porém, além disso, há destaques para toda a festividade, como fantasias (personagens humanos e animais fantásticos), decoração e teatro. Além de São Luís, outra cidade que tem evento em destaque para celebrar essa cultura é Parintins, localizada no estado do Amazonas. Desde 1965 o local realiza anualmente o Festival Folclórico de Parintins. A festa conta com uma programação incrível para comemorar com muita música essa história.

História do Bumba Meu Boi

A versão mais famosa é a do nordeste e foi inspirada na lenda da Mãe Catirina e do Pai Chico. A história fala sobre milagres e crenças. Por isso, a festa inspira esse espírito e sentimento nas pessoas.

O que se conta é que um casal de negros trabalhava em uma fazenda e a mulher ficou grávida. Como desejo de gravidez ela fica com uma vontade extrema de comer a língua de um boi. Para satisfazer a esposa, Chico mata um boi do rebanho da fazenda. É então quando ele descobre: o boi era o preferido de seu patrão. Sentindo falta do boi favorito, o fazendeiro manda todos os empregados irem pela fazenda em busca do animal.

A partir daí existem duas versões famosas: a primeira é que eles encontram o boi quase morto e que ele se recupera com a ajuda de um curandeiro. E a segunda em que ele realmente morre, mas um pajé o ressuscita. Nessas partes que a versão brasileira entra com fundamentos do milagre do catolicismo, como a parte indígena e africana (com a cura do pajé ou curandeiro).

Legal, não é mesmo?


Leia também sobre: Parintins: a cidade do Bumba meu boi


Características

Como citado, apesar da denominação principal do Bumba meu boi ser músicas folclóricas, essa história vai muito além. A festividade que ocorre conta com:

  • Música: presente na voz, instrumentos e danças. O ritmo predominante é chamado de toada (músicas feitas com estrofes e rimas, como cantigas). Dentre os principais instrumentos estão violão, o cavaquinho, o pandeiro, o chocalho e o triângulo.
  • Teatro: na apresentação teatral a história é encenada com o boi (personagem principal), o fazendeiro, Chico e Catirina. Um narrador conta a história enquanto os personagens encenam dançando. Durante a apresentação há vários tipos de tons e cenas, unindo o humor, sátira, drama e tragédia. Além de focar no milagre do boi vivo depois de ter tido a língua arrancada, também é mostrado a fragilidade humana em detrimento da força do animal.

Resumindo, é como se fosse um desfile alegórico de carnaval, mas com aquele toque de folclore: cores, energia e imaginação. O tipo de encenação e a festa em si variam bastante de região para região, que mudam o jeito como é apresentado mas seguindo a essência da história.

E aí? Gostou? Quem sabe sua próxima viagem não tem destino aos contos do Boi Bumbá?

Se você gostou, compartilhe com seus amigos sobre essa linda cultura brasileira.

Você também vai gostar

Posted in: Dicas
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Comment